Neve segue gerando caos no Reino Unido

Londres, 3 fev (EFE).- As nevascas e baixas temperaturas estão gerando hoje, pelo segundo dia seguido, caos em muitos lugares do Reino Unido.

EFE |

O temporal, que castigou na segunda-feira o sudeste da Inglaterra, incluindo a região de Londres, onde os transportes públicos ficaram quase o dia todo parados, avançou para norte e oeste do país.

O serviço de meteorológica advertiu nesta terça-feira que a neve pode superar os 20 centímetros no nordeste da Inglaterra, em Gales e em parte da Escócia, e acrescentou que os fortes ventos podem agravar a situação.

Mais de três mil escolas se viram obrigados a fechar suas portas na segunda-feira enquanto muitos teatros do West-End londrina suspenderam suas atividades, cancelando inclusive estreias.

Hoje, os ônibus voltaram a circular, embora com interrupções em Londres, onde continua parado o serviço de metrô em algumas linhas.

O City Airport, da capital, permanece fechado até novo aviso e nos aeroportos de Heathrow, Stanstead e Gatwick foram anunciados vários atrasos e cancelamentos de voos.

Diante do estado das estradas, as autoridades aconselharam os motoristas a não viajar a menos que seja absolutamente necessário.

Também se suspendeu o serviço em algumas linhas de trem, especialmente no sul da Inglaterra, enquanto o Eurostar, que une Londres com o continente através do canal da Mancha, sofre distúrbios.

O porta-voz para o setor de transportes do Partido Liberal-Democrata, Norman Baker, lamentou a falta de preparação mostrada pelas autoridades.

"Viajei de Estocolmo ao Círculo Ártico em um trem que só sofreu um atraso de cinco minutos, enquanto aqui, o país se afunda no caos", criticou Baker.

O prefeito de Londres, o conservador Boris Johnson, reconheceu que a capital não dispõe das infraestruturas necessárias para fazer frente a uma nevasca como a de segunda-feira. EFE jr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG