Neve provoca cancelamento de 166 voos e atrasos na Espanha

Madri, 11 jan (EFE).- O temporal de neve, gelo e nevoeiro que atinge nestes dias a Espanha provocou, até o momento, o cancelamento de 166 voos no aeroporto de Barajas, em Madri, e atrasos que oscilam entre duas e seis horas.

EFE |

Apesar de tudo, suas quatro pistas estão operacionais, mas as dificuldades nas tarefas de assistência em terra, devido ao gelo acumulado na plataforma de Barajas, desaceleram também as operações, informaram fontes aeroportuárias.

Nesse sentido, a Aeroportos Espanhóis e Navegação Aérea (Aena) afirmou hoje que, após as nevascas de ontem e as baixas temperaturas, é imprescindível fazer o degelo das aeronaves antes de cada decolagem, uma operação que, em aviões grandes, pode demorar até uma hora.

O órgão público especificou que, além dos problemas causados pelo temporal em Barajas, há os transtornos no tráfego aéreo europeu por causa do mau tempo no Reino Unido, França, Alemanha, Portugal, Bélgica e Itália.

As telas de informação indicam atrasos de entre duas e seis horas nos voos, alguns com destino à América Latina.

As companhias estimam que os problemas durarão todo o dia, devido aos transtornos nas rotações de aviões e tripulações.

Ao longo das instalações do aeroporto em Madri, há filas de passageiros dos voos cancelados, que tentam conseguir outra passagem para chegar a seu destino ou que perderam conexões, após "esperar várias horas" até serem atendidos. EFE oas/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG