Neve e frio paralisam a Europa às vésperas do Natal

Milhares de europeus ficaram presos em trens, estações, estradas e aeroportos neste domingo em decorrência da neve e da onda de frio que assola o continente e já provocou a morte de vários desabrigados.

AFP |

AFP
Neve cobre aviões no aeroporto de Düsseldorf, na Alemanha

Neve cobre aviões no aeroporto de Düsseldorf, na Alemanha

A temperatura atingiu 33,6 graus negativos na madrugada de sábado na Baviera (sul da Alemanha). Na Polônia, 15 pessoas morreram no sábado.

Na França, onde a madrugada deste domingo foi uma das mais frias do ano, com -24ºC no leste do país, um desempregado de 36 anos foi encontrado morto em seu trailer perto de Arras (norte), assim como um desabrigado polonês em Marselha (sul).

Dois homens de 19 e 43 anos foram encontrados mortos no sudeste da Áustria. Na Alemanha, o corpo de um desabrigado de 46 anos foi descoberto em Mannheim, no sudoeste do país.

A circulação dos trens Eurostar entre Londres e Paris, bloqueada desde sexta-feira por panes que obrigaram 2 mil pessoas a passar a noite no túnel sob a Mancha, continuava paralisada neste domingo.

"Ainda é cedo para dizer se os trens voltarão a funcionar na segunda-feira", declarou uma porta-voz da companhia na tarde deste domingo. Segundo a Eurostar, 24 mil pessoas estão presas dos dois lados do Canal da Mancha.

Os demais trens de alta velocidade (TGV, sigla em francês) da França circulavam a 220 km/h na manhã deste domingo, e não nos mais de 300 km/h habituais. O tráfego ferroviário continuava muito perturbado no norte da França, na Bélgica, na Holanda e na Áustria. Os aeroportos de Bruxelas, Charleroi e Liège, na Bélgica, pararam de funcionar por causa da neve .

AFP
Carro vai para a beira da estrada após escorregar na neve

Na Bélgica, carro vai para a beira da estrada após escorregar na neve


No Reino Unido, a operadora BAA alertou para o risco de atrasos e cancelamentos em Heathrow, o maior aeroporto do país. O de Manchester (norte da Inglaterra), anunciou seu fechamento no fim da manhã.

Em Paris, no aeroporto internacional de Roissy-Charles-de-Gaulle, 40% dos voos previstos na manhã deste domingo haviam sido cancelados preventivamente no sábado, assim como 20% dos voos previstos para a tarde.

O frio e a neve também atingiram o sul da Europa. Várias regiões do norte e do centro de Portugal foram colocadas em estado de alerta neste domingo, e o tráfego aéreo continuava muito perturbado no aeroporto internacional de Madeira.


Leia também:


Leia mais sobre inverno na Europa

    Leia tudo sobre: europainvernoneve

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG