Paris, 14 dez (EFE).- A neve que caiu nas últimas horas em boa parte do sul da França provocou restrições de tráfego, em particular no Maciço Central, e cortes da energia para cerca de 100 mil residências.

O Centro Nacional de Informação Viária (CNIR) indicou que durante boa parte da tarde teve que bloquear completamente o trânsito nos dois sentidos da estrada A75, entre Millau e Clermont Ferrand.

Em outras duas estradas da zona, A89 (de Clermont Ferrand a Brive a Gaillarde), A72 (de Clermont Ferrand a Saint-Etienne) e A71 (de Clermont Ferrand a Orleans), estava proibida a circulação de veículos pesados pelo risco de que se cruzassem a pista e bloqueassem a passagem.

A neve também causou defeitos ou inutilizou diversas ligações elétricas, algumas de alta tensão, o que provocou cortes de corrente que afetaram 100 mil residências, uma situação que para a maior parte delas pode durar pelo menos até amanhã, segundo o operador ERDF.

Um trem de alta velocidade (TGV) com cerca 700 passageiros ficou várias horas bloqueado esta tarde dentro de um túnel entre Cassis e Aubagne, no sudeste do país, por problemas mecânicos, aparentemente devido às precipitações na região o dia todo.

Os serviços meteorológicos prevêem novas nevascas no centro da França nas próximas horas, pelo que há risco de que as condições de circulação não melhorem de forma imediata. EFE ac/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.