MADRI - As nevascas registradas em algumas cidades espanholas, entre elas Madri, levaram ao bloqueio de várias estradas e ao cancelamento de 57 voos no aeroporto da capital da Espanha.

A neve acumulada na calçada, as placas de gelo e as intensas chuvas registradas em algumas regiões dificultam o tráfego em várias estradas.


Homem caminha por estrada bloqueada pela neve na Espanha / EFE

As companhias que operam no aeroporto de Barajas, em Madri, cancelaram 57 voos até as 9h (6h de Brasília), devido aos problemas causados pela neve e gelo desde a tarde do domingo, e que também provocaram atrasos nas rotas durante a madrugada, informaram fontes aeroportuárias.

Por enquanto, o aeroporto de Madri está com as quatro pistas operacionais, mas, por motivos de limpeza, estão intermitentemente fora de serviço, acrescentaram as fontes.

Além disso, foram ativados os procedimentos de baixa visibilidade na plataforma por motivos de segurança, e foi reduzida para 18 as aterrissagens permitidas por hora devido à neve e ao gelo, em vez das 48 frequentes, o que desacelera o ritmo de chegada dos aviões.


Aviões congelados são impedidos de voar e ficam no páteo do aeroporto de Barajas, na Espanha / EFE

A situação do tráfego aéreo em Madri também está complicado devido ao mau tempo em diferentes pontos da Europa, já que também há regulações nos espaços aéreos e aeroportos da Bélgica, Itália, Portugal, Turquia, Alemanha, Reino Unido e França.

Dezoito províncias espanholas se encontram em alerta devido às baixas temperaturas e nevascas.

Assim, as precipitações de neve das últimas horas dificultam o tráfego em várias estradas da rede principal e levaram à interrupção do trânsito de caminhões em muitas vias, segundo os dados da Direção Geral de Tráfego.


Trator retira neve de ruas da cidade espanhola de Ávila nesta segunda-feira / EFE

Leia mais sobre inverno na Europa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.