Netanyahu se reúne com ministros para debater ataque

Premiê israelense volta a se encontrar com ministros para debater criação de comissão que investiga ataque à frota humanitária

iG São Paulo |

AP
Benjamin Netanyahu se encontra nesta quarta com ministros
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, voltará a se reunir nesta quarta-feira com seus ministros mais importantes para debater a criação de uma comissão que vai investigar o ataque à frota humanitária que se dirigia a Gaza , na última semana

A reunião acontece na sequência de intensas negociações com os Estados Unidos e outros membros da comunidade internacional sobre a composição e mandato da comissão, após as ressalvas de Washington à proposta israelense, informa a imprensa local.

Em sua última reunião, o grupo de ministros que estuda o tema decidiu que os comandantes que participaram da operação de abordagem não serão interrogados nem prestarão testemunho perante nenhuma comissão que não seja a do Exército israelense.

O chefe do Exército, Gaby Ashkenazi, anunciou na segunda-feira a criação de um grupo de especialistas que se limitará a estudar os aspectos operacionais do ataque, que causou a morte de nove ativistas (todos turcos) e deixou cerca de 40 feridos.

A criação de uma comissão especial de investigação liderada por juristas israelenses e dois observadores internacionais foi aprovada na segunda-feira pelo grupo reduzido de ministros.

No entanto, a decisão final corresponde ao plenário do Executivo israelense e está pendente de negociações com a comunidade internacional, por isso não deve ser anunciada pelo menos até o próximo domingo.

No domingo, Israel rejeitou a proposta de um inquérito internacional sobre a operação. A proposta de uma investigação envolvendo outros países foi discutida em um telefonema entre o secretário-geral da ONU, Ban Ki Moon, e o premiê de Israel, Benjamin Netanyahu.

* Com AFP

    Leia tudo sobre: IsraelFaixa de Gaza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG