Netanyahu pode anunciar amanhã o novo Governo de Israel

Jerusalém - O primeiro-ministro israelense nomeado, Benjamin Netanyahu, se reunirá hoje com importantes integrantes de seu partido, Likud, para comunicá-los sobre seus cargos no novo governo -que ele pode anunciar já amanhã, segundo informa hoje a imprensa local.

EFE |

Cerca de 30 ministros formarão o governo do conservador Netanyahu, que foi obrigado a satisfazer, ao mesmo tempo, seus companheiros de partido, a direita nacionalista do Yisrael Beiteinu, o ultraortodoxo Shas e o esquerdista Partido Trabalhista, de Ehud Barak. Políticos ligados a Netanyahu dizem que o partido ficará com 12 ministérios, segundo o jornal "Yedioth Ahronoth", em sua versão digital.

Devido às complicadas negociações para formar a coalizão governamental, Netanyahu, que tinha mostrado interesse em destinar o Ministério das Finanças a alguém de sua confiança pessoal, pode se ver obrigado a assegurá-lo para o Likud, já que cedeu outras pastas importantes para os demais partidos, em troca de apoio.

O trabalhista Ehud Barak, que continuará como ministro da Defesa, anunciou os nomes dos outros quatro ministros de seu partido pelo acordo de coalizão.

Eles serão Binyamin Ben-Eliezer (Indústria, Trabalho e Comércio), Shalom Simhon e Isaac Herzog - que continuarão nas pastas de Agricultura e Assuntos Sociais, respectivamente-, e Avishay Braverman (Políticas para Minorias).

Leia mais sobre: Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG