JERUSALÉM - O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta quinta-feira não saber se terá uma reunião com o presidente palestino Mahmud Abbas na próxima semana nos Estados Unidos, por ocasião da Assembleia Geral da ONU em Nova York.

"Não sei se acontecerá ou não uma reunião. Eu não pedi. O importante não é a reunião, mas seu conteúdo concreto", declarou Netanyahu ao jornal Israel Hayon.

A declaração foi publicada às vésperas de uma nova reunião em Jerusalém entre Netanyahu e o emissário especial americano George Mitchell , a terceira nesta semana.

O anúncio da terceira reunião entre os dois esta semana aconteceu após o final do encontro da última quarta-feira, no qual Mitchell queria conseguir de Israel um acordo para conter a ampliação das colônias judaicas em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia, condição palestina para retomar o processo de paz, estagnado desde o final de 2008.

Washington trabalha para que israelenses e palestinos retornem à mesa de negociações com uma reunião trilateral entre Abbas, Netanyahu e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em torno do próximo dia 23 em Nova York, em paralelo à Assembleia Geral da ONU.

Leia mais sobre Oriente Médio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.