Netanyahu garante apoio ao governo israelense para atacar Gaza

Benjamin Netanyahu, líder da oposição israelense e chefe do partido de direita Likud, garantiu ao governo seu apoio, caso decida atacar em Gaza, em resposta aos disparos de foguetes deste território contra o sul de Israel.

AFP |

"Meu partido e eu brindaremos nosso apoio ao governo se adotar uma política ofensiva contra o movimento islamita Hamas, que controla a Faixa de Gaza", declarou o ex-primeiro-ministro em visita à cidade de Sderot, alvo habitual dos projéteis.

"Precisamos mudar completamente de direção. A longo prazo, será preciso derrubar o poder do Hamas, e a curto prazo temos de passar à ofensiva mediante uma estratégia ativa", acrescentou Netanyahu, cujo partido é o favorito para as legislativas de 10 de fevereiro, segundo as pesquisas.

Domingo, grupos palestinos armados da Faixa de Gaza dispararam 15 foguetes de obuses de morteiro contra Israel, segundo um porta-voz militar.

Este domingo, paralelamente à reunião semanal do gabinete, vários ministros israelenses pediram uma resposta severa ao Hamas, dois dias depois da expiração de uma trégua entre islamitas e o Estado hebreu.

No entanto, o primeiro-ministro Ehud Olmert e o titular da Defesa, Ehud Barak, pediram prudência.

ms/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG