não será congelada - Mundo - iG" /

Netanyahu diz que vida na Cisjordânia não será congelada

Jerusalém, 1º jun (EFE).- O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, advertiu hoje que a vida em Judéia e Samaria não será congelada, em alusão à reivindicação do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de frear a expansão das colônias judaicas na Cisjordânia.

EFE |

"Não construiremos novos assentamentos. Nossa intenção é desmantelar os enclaves ilegais. Há pedidos razoáveis e pedidos que não o são", disse o chefe de Governo diante do Comitê de Assuntos Exteriores e Defesa do Parlamento israelense.

Netanyahu insistiu em que o Estado judeu "enfrenta uma pilha de ameaças que nenhum outro país enfrenta" e destacou que tem "compromisso e responsabilidade com a segurança de Israel".

As declarações do primeiro-ministro israelense vêm a público horas depois de as forças de segurança do país desmantelarem o pequeno assentamento judaico de Nahalat Yosef, no norte da Cisjordânia.

O enclave, formado por três caravanas, era um dos dez assentamentos marcados para evacuação em uma lista divulgada na semana passada pelas autoridades militares israelenses encarregadas dos territórios ocupados.

Os dirigentes dos colonos alertaram que voltarão a erguer as estruturas destruídas.

Israel considera esses assentamentos como ilegais. Eles são em sua maioria rudimentares, construídos sem a autorização do Governo desde março de 2001, data na qual Ariel Sharon assumiu o cargo de primeiro-ministro.

Para os palestinos e para boa parte da comunidade internacional, todas as colônias judaicas construídas em território ocupado na Guerra dos Seis Dias, em 1967, são ilegais e representam um sério obstáculo para a paz e a criação de um futuro Estado palestino.

Segundo dados da principal organização pacifista de Israel, Paz Agora, 280 mil colonos judeus residem na Cisjordânia em 121 assentamentos.

Também hoje, quatro palestinos ficaram feridos, um deles gravemente, quando um grupo de colonos os atacou para se vingar da evacuação de um destes enclaves pelas forças de segurança de Israel.

Outros colonos queimaram vários hectares de terras palestinos, segundo residentes do distrito cisjordaniano de Nablus. EFE ap/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG