Netanyahu define hoje sua postura perante diálogo de paz

Jerusalém - O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, fará na tarde deste domingo, na Universidade Bar-Ilan, um discurso considerado chave para definir sua postura perante o diálogo de paz no meio das pressões do governo Obama.

EFE |

Com vistas ao discurso, Netanyahu se reuniu com os partidos da coalizão de governo, com o presidente Shimon Peres e até com os escritores David Grossman e Eyal Meged, o que mostra a importância que está dando a ele.

O discurso se centrará em apresentar "os princípios" de sua "política de paz e segurança", segundo explicou ele mesmo no domingo passado.

O jornal "Haaretz" publicou na quinta-feira, a partir de fontes ligadas ao chefe de governo, que Netanyahu declarará que aceita a criação de um Estado palestino, algo que até agora rejeitou fazer, o que gerou tensões com o principal aliado de Israel, os EUA.

Os EUA exigem de Israel que aceite a criação de um Estado palestino em aproximadamente 22% da Palestina histórica a fim de resolver o conflito do Oriente Médio.

Leia mais sobre Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG