Neta de William Randolph Hearst é encontrada morta na Espanha

Corpo de Joanne Hearst, neta do magnata de imprensa que inspirou o filme Cidadão Kane, foi encontrado em seu sítio por empregadas

iG São Paulo |

Joanne Hearst Castro, neta do magnata da imprensa americana William Randolph Hearst, que teria inspirado o filme Cidadão Kane de Orson Welles, foi encontrada morta nesta quarta-feira em seu sítio no município de Gerena, na Espanha.

Leia também: Filme 'Cidadão Kane' comemora 70 anos


Fontes da prefeitura de Gerena ouvidas pela agência Efe afirmaram que o corpo de Joanne, que era acionista de vários meios de comunicação fundados por seu avô, foi encontrado por uma de suas empregadas pouco depois das 10h no horário local (13h de Brasília), na casa principal do sítio.

A guarda civil e a polícia local foram até o sítio, de onde o corpo foi levado para o Instituto Anatômico Legista de Sevilha para necropsia, e abriram uma investigação.

O sítio La Caprichosa foi adquirido por Joanne em 1984 e fica situado a três quilômetros da cidade. Sua idéia era colocar em prática um negócio de criação de éguas, o qual se dedicava nos últimos anos.
Os motivos de sua morte ainda são desconhecidos, mas fontes familiares consultadas pela Efe indicaram que seu corpo foi levado da fazenda sem indícios de violência.

Joanne tinha voltado há poucos dias de Portugal, onde foi submetida a uma operação cirúrgica, aparentemente, sem importância.

Ela era a única neta viva de William Randolph Hearst, e ainda que não tivesse herdado sua paixão pela imprensa, se mantinha como acionista de algumas dessas empresas, mas se dedicava com maior atenção aos seus negócios na Espanha.

Seu avô, falecido em 1951, foi responsável pela consolidação de um dos maiores impérios empresariais da história, e chegou a colocar em circulação até 28 publicações, como Los Angeles Examiner, The Boston American, The Atlanta Georgian, The Chicago Examiner, The Detroit Times, The Seattle Post-Intelligencer, The Washington Times e The Washington Herald.

Sua publicação mais importante era o The San Francisco Examiner, e tamanha era sua fama que Orson Welles teria utilizado sua vida como inspiração para o filme Cidadão Kane, produção feita e distribuída contra a vontade de Hearst.

As fontes consultadas não confirmaram se Joanne Hearst Castro será enterrrada em Gerena ou se seu corpo será levado aos Estados Unidos.

Com EFE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG