Néstor Kirchner vai renunciar à presidência do partido peronista

BUENOS AIRES (Reuters) - O ex-presidente argentino Néstor Kirchner vai renunciar nesta segunda-feira à presidência do partido peronista, atualmente no governo, depois da derrota registrada nas urnas nas eleições legislativas de domingo, informou a mídia local. Kirchner, considerado o homem forte do governo liderado por sua mulher, a presidente Cristina Kirchner, perdeu a disputa pela província de Buenos Aires, por uma pequena margem, para outra facção do peronismo encabeçada pelo empresário Francisco De Narváez.

Reuters |

Não houve confirmação oficial da notícia veiculada pelas redes de tevê Todo Noticias, America e C5N.

(Reportagem de Lucas Bergman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG