As autoridades nepalesas proibiram um alpinista americano de escalar o Evereste depois que encontraram em seus pertences uma bandeira a favor do Tibete, informou uma fonte oficial.

"Um alpinista dos Estados Unidos foi levado de volta a Katmandu depois que nossos agentes de segurança do acampamento de base II (do Evereste) encontraram uma bandeira pró-tibetana em seu bolso", disse uma fonte governamental.

O Evereste, compartilhado pelo Nepal e a região chinesa do Tibete, receberá a tocha olímpica em maio. As autoridades nepalesas mobilizaram um pequeno contingente militar e policial que, em caso de necessidade, estará autorizado a abrir fogo contra eventuais manifestantes pró-Tibete.

dds-sjt/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.