Duas organizações neonazistas argentinas organizaramum show clandestino de rock and roll em homenagem a Adolfo Hitler com convites distribuídos através da internet, o que causou preocupação no Governo.

"Vamos desfrutar de nossa própria música, com camaradagem, cervejas e, principalmente, comemorando o aniversário de Adolfo Hitler", é o que afirma o site neonazista 'La revuelta va', que mantém o local do show em segredo.

O concerto foi organizado pelos grupos clandestinos Legião Pretoriana e D.O.S, que habitualmente convocam atos públicos em defesa do período da ditadura (1976-1983) onde desapareceram cerca de 30.000 pessoas.

"Estamos investigando a questão e já sabemos onde aconteceu e quanto custou as entradas", informou o ministro da Justiça, Aníbal Fernández, destacando que o mais preocupante é o "que implica o pensamento dessa gente".

O site neonazista proclama que "o fascismo é liberdade".

A Argentina foi um dos países sul-americanos escolhidos como refúgio para centenas centenas de nazistas acusados de genocídio depois da queda do Terceiro Reich na Alemanha e a derrota do nazismo na II Segunda Guerra Mundial.

dm/aic/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.