Nenhum policial será processado pela morte de Jean Charles de Menezes, ocorrida num metrô de Londres em 2005, anunciou nesta sexta-feira a promotoria britânica.

A promotoria indicou que tomou sua decisão de não processar nenhum policial depois de revisar as evidências apresentadas durante o inquérito público sobre a morte do jovem eletricista mineiro nas mão da polícia, que o confundiu com um terrorista.

ame/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.