Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Nelson Jobim afirma que há apoio regional ao Conselho Sul-Americano de Defesa

O ministro da Defesa do Brasil, Nelson Jobim, afirmou nesta segunda-feira em La Paz que há uma posição favorável na região para a criação do Conselho Sul-Americano de Defesa, e ressaltou que o apoio poderá ser oficializado na Cúpula da Unasul na sexta-feira em Brasília.

AFP |

"Todos (os países estão a favor), falei com todos e há uma posição favorável a esta instituição, uns mais entusiastas outros menos entusiastas, mas há uniformidade para a criação do Conselho", assegurou Jobim, após sua reunião com o presidente boliviano, Evo Morales, no Palácio Presidencial.

O Conselho proposto pelo Brasil é uma articulação de políticas regionais de defesa que possibilitaria a organização de exercícios conjuntos e de forças de paz, assim como uma análise conjunta da conjuntura internacional e de situações regionais.

O ministro brasileiro afirmou que "há uma possibilidade de os presidentes discutirem e criarem a institucionalidade do Conselho na Unasul", a União das Nações Sul-Americanas, que será oficialmente aberta até o final do ano.

No encontro em La Paz, o presidente Morales e seu ministro da Defesa, Wálker San Miguel, deixaram claro que apóiam a proposta apresentada pelo presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva.

Jobim percorreu todos os países da América do Sul levando sua proposta, e a Bolívia foi a última parada.

jac/dm

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG