Negros americanos sobrevivem menos que brancos a infartos em hospitais

Os pacientes afro-americanos que sobrevivem a um infarto durante uma internação têm muito menos chances de sobreviver a ele que os compatriotas brancos na mesma situação, segundo um estudo publicado nesta terça-feira.

AFP |

Os pesquisadores examinaram os casos de 10.011 pacientes que tiveram uma parada cardíaca em um dos 274 hospitais americanos associados a um programa nacional americano de melhoria dos índices de sobrevivência a infartos (National Registry of Cardiopulmonary Resuscitation).

Eles descobriram que as chances de sobrevivência dos pacientes negros eram inferiores em 27% às dos pacientes brancos.

"Esta diferença é devido em grande parte ao fato de que os pacientes negros são mais suscetíveis (do que os brancos) de receber tratamento em hospitais menos desenvolvidos", explicou o estudo publicado no Journal of the American Medical Association.

A maioria dos 1.883 pacientes negros considerados no estudo foi admitida nos hospitais com resultados piores em termos de sobrevivência a infartos. Eles tinham mais frequentemente sido internados em estabelecimentos de mais de 500 leitos e tinham da mesma forma sido colocados em unidades sem sistema de monitoramento.

Eles estavam também, em média, mais gravemente doentes que os pacientes brancos no momento da parada cardíaca.

Mas mesmo após ter ajustado seus dados para eliminar o impacto destes fatores, os pesquisadores estabeleceram que as chances de sobrevivência dos negros continuam inferiores em 10% a dos brancos.

"As estratégias para eliminar as disparidades raciais em termos de sobrevivência têm poucas chances de dar certo, enquanto não houver melhora nas chances de sobrevivência após uma reanimação na qualidade dos cuidados pós-reanimação nos hospitais menos desenvolvidos, onde os negros têm mais chances de serem cuidados", escreveu o principal autor do estudo, Paul Chan, do Saint Luke's Mid America Heart Institute dans le Missouri (centro).

mso/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG