Negro que estrangulou homem com cabide é executado no Texas

Elkie Taylor, um negro de 46 anos condenado à morte por ter estrangulado um homem de 65 anos com um cabide, foi executado na noite de quinta-feira no Texas (sul dos EUA), informou nesta sexta-feira a administração penitenciária do estado.

AFP |

"Taylor morreu às 18H30 locais (21H30 de Brasília), nove minutos após o início da injeção letal", declarou à AFP Jason Clark, responsável pela comunicação da administração penitenciária.

No dia 2 de abril de 1993, Elkie Taylor e um cúmplice, Darnell Birdow, entraram na casa de Otis Flake, um homem de 65 anos que morava sozinho, e o amarraram para roubá-lo, relatou o procurador-geral do Texas em comunicado.

Um amigo que morava na casa da vítima encontrou Flake amarrado em sua cama e estrangulado por um cabide. Segundo a mesma fonte, ele também viu Taylor e Birdow fugirem pela porta dos fundos.

O motivo do crime seria a compra de crack. De acordo com a administração penitenciária do Texas, o objetos roubados foram vendidos por 16 dólares.

Segundo seu comitê de apoio, Taylor padecia de uma doença mental.

Elkie Taylor é o 15º condenado executado este ano no Texas, o estado recordista em número de execuções (419 desde 1974.

Outros cinco condenados à morte no Texas devem ser executados antes do dia 20 de novembro.

lum/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG