Os dirigentes cipriotas grego e turco iniciarão no dia 3 de setembro negociações visando a reunificar a ilha dividida há 34 anos, anunciou nesta sexta-feira o chefe da missão da ONU no Chipre, Taye-Brook Zerihoun.

Este anúncio foi feito depois de um encontro de mais de duas horas entre o presidente cipriota Demetris Christofias e o dirigente da República Turca do Chipre do Norte (RTCN, somente reconhecida pela Turquia), Mehmet Ali Talat, no escritório da ONU, na fronteira da Nicósia, que é a última capital dividida do mundo.

cc/vl/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.