Negociações entre governo e oposição começam nesta quinta na Bolívia

O governo do presidente Evo Morales e os prefeitos (governadores) da oposição boliviana devem se reunir na manhã desta quinta-feira na cidade de Cochabamba para a primeira rodada das negociações que podem colocar fim à crise política no país. O encontro com oposição havia sido adiantado para o início da noite de quarta-feira pelo presidente, mas teve que ser adiado por causa das dificuldades de deslocamento dos governadores para a cidade, segundo a Agência Boliviana de Informação (oficial).

BBC Brasil |

"O poder executivo e os governadores vão se reunir para construir um diálogo para a solução dos problemas", disse o porta-voz da presidência, Iván Canelas.

A retomada do diálogo, que deve contar com a presença de observadores internacionais, foi acertada na noite de terça-feira, quando o porta-voz da oposição, Mario Cossío, governador de de Tarija, anunciou a assinatura de um pré-acordo com governo.

O documento foi assinado na cidade de Santa Cruz de la Sierra por Cossío, que estava acompanhado do governador do Departamento de Santa Cruz, Ruben Costas, e pelo bispo da Igreja Católica Julio Terrazas.

Horas antes, as negociações estiveram a ponto de fracassar por causa da prisão do governador de Pando, Leopoldo Fernández, acusado de ser o mandante do massacre de pelo menos 16 pessoas na última quinta-feira.

Semana de tensões
Em uma entrevista na noite de terça, o prefeito de Tarija, Mario Cossío, disse que as partes já avançaram em alguns dos pontos mais polêmicos da discussão.

A agenda de negociações deve contemplar a discussão sobre a restituição para os Departamentos do IDH (Imposto Direto de Hidrocarbonetos) e a autonomia dos estados.

A retomada nas discussões ocorre após uma das semanas mais tensas do governo de Evo Morales, que está no poder desde janeiro de 2006.

Na última quinta-feira, 16 pessoas morreram em Pando, na fronteira com o Acre, mas este número pode chegar a trinta, segundo o governo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG