Navios militares dos EUA se deslocam para Geórgia

O navio Dallas, da guarda costeira americana, deve chegar na manhã de quarta-feira a Poti, a cidade portuária mais importante da Geórgia. Áreas em torno da cidade também estão ocupadas por militares russos.

BBC Brasil |

No domingo, o navio de guerra americano USS McFaul chegou ao porto de Batumi. Ainda não está claro se o McFaul vai acompanhar a embarcação da guarda costeira americana em Poti.

Segundo um porta-voz da embaixada dos Estados Unidos na Geórgia, os dois navios estão na região a pedido do governo do país distribuindo ajuda humanitária aos georgianos que ficaram desabrigados pela guerra na Ossétia do Sul.

O governo americano disse que não existe chance de ação militar no solo da Geórgia.

Mas a presença de militares americanos dentro de território naval da Geórgia é um sinal para os russos de que os Estados Unidos apoiarão seus aliados com mais do que palavras, afirma o correspondente da BBC em Tbilisi, Gabriel Gatehouse.

Reconhecimento
No começo do mês, forças da Rússia entraram na Ossétia do Sul, região da Geórgia com movimento separatista que conta com apoio de Moscou. Após dias de confronto, os russos expulsaram tropas georgianas que haviam ocupado a região.

O conflito provocou críticas dos Estados Unidos e da aliança militar Otan à Rússia, aumentando a tensão na região.

Na segunda-feira, o parlamento russo aprovou um pedido de reconhecimento da independência das regiões rebeldes da Geórgia, Ossétia do Sul e Abecásia.

O pedido não é obrigatório e não precisa ser cumprido pelo presidente russo, Dmitry Medvedev. O Conselho de Segurança da Rússia deve se encontrar esta semana em Sochi, no mar Negro, para discutir a decisão do parlamento.

O presidente americano, George W. Bush, pediu que a Rússia "cumpra com seus compromissos e não reconheça a independência destas regiões separatistas".

"Os Estados Unidos vão continuar do lado do povo da Geórgia e com a democracia deles e apoiar a soberania e integridade territorial."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG