Navios chineses deixam Mar Ocidental após ameaça norte-coreana

Seul - Mais de 100 embarcações chinesas abandonaram as águas do Mar Ocidental (Mar Amarelo) após a Coreia do Norte ameaçar, na quarta-feira, a Coreia do Sul com um ataque militar, informou hoje a agência de notícias Yonhap.

EFE |

  • Especialistas descartam confronto armado entre Coreias
  • Análise: teste norte-coreano pode ser cartada para fortalecer líder
  • Fontes do Ministério da Defesa sul-coreano disseram hoje que os navios chineses que operam nas proximidades da linha de demarcação militar marítima entre as duas Coreias começaram a se retirar ontem da região, mas não se sabe se isso aconteceu devido a um pedido expresso da Coreia do Norte.

    No começo desta semana, havia cerca de 280 embarcações chinesas pescando caranguejos nesta área do Mar Ocidental, mas agora restam apenas 140 navios, segundo a "Yonhap".

    O Escritório da Presidência sul-coreana não considera a retirada de algumas das embarcações como sinal de hostilidades iminentes.

    Um porta-voz do Escritório presidencial disse que nesse caso todos os navios chineses teriam deixado a região, e ressaltou que o Governo de Seul acompanha de perto o que acontece no Mar Ocidental.

    As duas Coreias já protagonizaram conflitos armados no Mar Ocidental em 1999 e 2002.

    infografico
    Clique para ver o infográfico sobre o teste nuclear norte-coreano

    Leia também:

    Leia mais sobre: Coreia do Norte

      Leia tudo sobre: coréia do norte

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG