Navio privado brasileiro afunda na Antártida

Todos os quatro tripulantes foram resgatados por autoridades chilenas antes de embarcação de jornalista afundar

iG São Paulo |

Reprodução
Embarcação teria afundado por acúmulo de gelo na região
O navio de bandeira brasileira "Mar Sem Fim" naufragou no sábado (7) em frente à base chilena Presidente Eduardo Frei Montalva, na Baía Maxwel, na Antártida, segundo nota da Marinha do Brasil. Não houve vítimas. A embarcação era propriedade do empresário e jornalista João Lara Mesquita.

Veja o blog que era atualizado por Mesquita

Os quatro tripulantes, que faziam um documentário na região, foram resgatados pelas autoridades chilenas e evacuados para a base daquele país, antes do afundamento. Segundo a Marinha, as “condições climáticas adversas” na área não permitiam a permanência segura do pessoal na embarcação.


A Marinha informou ainda que estão sendo tomadas as medidas necessárias, com o apoio da base chilena, para atenuar eventuais danos ambientais que possam ser causados pelo naufrágio.

O grande acúmulo de gelo na área impede o acesso à Baía Maxwel pelos navios da Marinha Ary Rongel e Almirante Maximiano – que já deixaram a Estação Antártica Comandante Ferraz, em direção à cidade de Punta Arenas, para voltar ao Brasil.

Leia também: Governo confirma 2 mortes em base brasileira na Antártida

Medo: Militares são retirados de estação devido a ‘condições adversas’

No blog da expedição, a última atualização foi feita na quinta-feira, em que Mesquita relatou que o grupo estava na baía Fields, Ilha Rei George, enfrentrando dificuldades de navegação por causa das nevascas e das temperaturas muito baixas.

Reprodução
Embarcação teria afundado por compressão sofrida pelo acúmulo de gelo

    Leia tudo sobre: naufrágionavioantárticabrasileiros

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG