Navio com ativistas internacionais rompe o bloqueio israelense a Gaza

Gaza, 29 out (EFE).- Um navio do movimento Libertem Gaza chegou hoje a este território palestino com ativistas internacionais a bordo, a segunda embarcação desse tipo que rompe o bloqueio israelense à Faixa de Gaza.

EFE |

Fontes oficiais israelenses e palestinas informaram que o navio "Dignidade", tripulado pelo capitão britânico Denis Healey, zarpou ontem do Chipre e chegou a porto por volta das 8h (3h de Brasília) de hoje, apesar de Israel ter advertido que impediria a passagem e interceptaria a embarcação assim que entrasse nas águas territoriais de Gaza.

Entre os passageiros, estão ativistas dos direitos humanos, ativistas pela paz e jornalistas de cerca de dez países, incluindo israelenses e palestinos, informou Jamal al-Khodary, diretor do Comitê Popular contra o Bloqueio em Gaza.

Khodari disse que permanecerão na Faixa de Gaza durante os próximos quatro dias e percorrerão a zona para constatar os efeitos do bloqueio israelense.

Vilma Maza, uma ativista italiana, disse à Agência Efe que as pessoas "nos receberam no porto, sob a chuva e com muita alegria (...). Não achavam que conseguiríamos entrar. Quando saímos do porto e tomamos a estrada, todo mundo sorria e nos cumprimentava agitando a mão".

Uma porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores de Israel disse à Efe que, "até ontem à noite, a decisão era não permiti-los entrar, mas, após a realização de algumas consultas, se decidiu a partir das altas esferas o acesso". EFE sar/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG