Helicóptero é usado para resgatar tripulantes de embarcação que ficou presa em rochas perto de porto de Siracusa

Um navio cargueiro italiano encalhou neste sábado em rochas no litoral da Sicília, no sul da Itália. Os 19 tripulantes foram resgatados de helicóptero e passam bem, de acordo com a Guarda Costeira.

Leia também: Após três dias à deriva, cruzeiro chega às Ilhas Seychelles

O navio Gelso M. é visto encalhado na costa siciliana, perto de Siracusa
AP
O navio Gelso M. é visto encalhado na costa siciliana, perto de Siracusa

O navio Gelso M, de 127 metros de comprimento, seguia em direção ao porto siciliano de Augusta, onde há uma refinaria e um complexo químico. A embarcação, usada para transportar petróleo, estava sem carga no momento do acidente, perto do porto de Siracusa.

De acordo com a Guarda Costeira, o navio ficou preso nas rochas de tal forma que lançar botes salva-vidas ao mar era impossível, assim como a aproximação de barcos de resgate. Por isso, helicópteros foram usados para resgatar os tripulantes, todos italianos.

O motivo do encalhe não está claro, mas autoridades disseram que a iregião foi atingida por tempestades e ventos fortes neste sábado. Após o encalhe, a casa de máquinas foi tomada pela água e autoridades estudam como remover a embarcação das pedras.

Este é o terceiro grande navio italiano a sofrer problemas desde janeiro, quando o cruzeiro Costa Concordia naufragou na costa da Itália, deixando 32 mortos. Em fevereiro, um incêndio deixou outro cruzeiro, o Costa Allegra , à deriva no Oceano Índico.

Com AP e Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.