BERLIM - Uma embarcação das forças navais alemã impediu hoje que piratas somalis abordassem um navio egípcio, informou nesta quinta-feria (25) o comando de operações do Exército federal em Potsdam, nas proximidades de Berlim.

As fragatas "Karlsruhe" e "Mecklenburg-Vorpommern", que patrulham em frente às costas da Somália no marco da missão da União Européia "Atalanta", receberam esta manhã um pedido de ajuda da embarcação egípcia "Wabi al-Arab".

Em seguida, um helicóptero da fragata "Karlsruhe", que era a que mais próximo estava da embarcação, voou até o navio, provocando a fuga dos piratas.

A fonte informa que, antes da operação de resgate, houve um tiroteio entre o navio egípcio e a embarcação pirata, durante o qual ficou ferido um tripulante do "Wabi al-Arab".

O homem foi resgatado por um segundo helicóptero e levado até o "Karlsruhe" para receber tratamento médico.

O mandato da missão "Atalanta" da União Européia permite o uso de armas de fogo no combate aos piratas e contempla também a perseguição em solo somali.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.