Socorristas libaneses e da ONU estão procurando 80 marinheiros após o naufrágio de um navio ao largo de Trípoli, a maior cidade do norte do Líbano, anunciaram fontes oficiais.

O Danny Two, com bandeira panamenha, e não uruguaia, como foi anunciado a princípio, afundou às 19H30 (15H30 de Brasília) a cerca de 11 milhas náuticas ao largo de Trípoli, segundo as mesmas fontes.

Nove barcos de resgate libaneses e três navios da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul) foram enviados ao local do acidente, destacou um representante dos serviços portuários de Trípoli.

"Três navios, um italiano e dois alemães, foram enviados a cerca de 10 milhas náuticas ao largo de Trípoli depois de a marinha libanesa ter recebido um chamado de emergência de uma embarcação com bandeira do Panamá", declarou à AFP Andrea Tenenti, porta-voz da Finul.

"Segundo as primeiras informações, o barco naufragou com 83 pessoas a bordo", acrescentou.

Uma fonte dos serviços de segurança libaneses destacou que pelo menos três marinheiros foram socorridos.

De acordo com o porta-voz da Finul e o representante dos serviços portuários de Trípoli, o navio que afundou transportava gado.

Informações contraditórias circularam sobre a procedência e o destino final do navio.

Violentos temporais assolaram o Líbano nesta quinta-feira, provocando sérios danos e inundações.

ob/yw/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.