Nauru estabelece relações diplomáticas com Ossétia do Sul

Moscou, 16 dez (EFE).- O pequeno Estado ilhéu de Nauru, na Micronésia, estabeleceu hoje relações diplomáticas com a região separatista georgiana da Ossétia do Sul, após fazer o mesmo com a Abkházia, as duas reconhecidas até agora apenas pela Rússia, Nicarágua e Venezuela.

EFE |

"O acordo de estabelecimento de relações diplomáticas foi assinado esta manhã", anunciou o presidente da Ossétia do Sul, Eduard Kokoiti, citado pela agência oficial russa "Itar-Tass".

Acrescentou que "o processo de reconhecimento do novo Estado da República da Ossétia do Sul pela comunidade internacional é irreversível".

"Em breve, a república será reconhecida por outros dez Estados", afirmou o líder da Ossétia do Sul.

O ministro de Assuntos Exteriores de Nauru, Kieren Keke, já se referiu à intenção do atol de reconhecer a independência da Ossétia do Sul durante sua visita no último dia 12 na capital da região, Tskhinvali, aonde chegou de Moscou, afirmou o jornal digital "NEWSru.com".

Segundo o jornal russo "Kommersant", a Rússia ofereceu a Nauru US$ 50 milhões de ajuda econômica em troca de seu reconhecimento da independência da Abkházia e da Ossétia do Sul. EFE egw-si/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG