Naufrágio termina com 1 morto e 3 desaparecidos nas Filipinas

Manila, 26 nov (EFE).- Uma pessoa morreu, 16 foram resgatadas e três permanecem desaparecidas por causa do naufrágio de um cargueiro em águas infestadas de tubarões no extremo norte das Filipinas, afirmou hoje a Guarda Litorânea.

EFE |

As equipes de salvamento recolheram cinco sobreviventes, um dos quais foi atacado por um tubarão, e viram um corpo que não puderam resgatar por causa das fortes ondas.

O navio "Mark Jason", com 851 toneladas de capacidade de carga, afundou no dia 17 de novembro por causa do mau tempo na província de Batanes, um grupo de ilhas que fica a 750 quilômetros da capital.

Aparentemente, o capitão alertou há mais de 24 horas outro navio de sua intenção de abandonar a embarcação, mas este não pôde recolher a tripulação pela ressaca.

Participaram dos trabalhos de resgate vários pesqueiros particulares, patrulheiros da Marinha e a Guarda Litorânea, e um helicóptero da Força Aérea.

As Filipinas sofrem a cada ano inúmeros naufrágios causados pelo mau tempo, pelo descumprimento das normas mínimas de segurança e pela sobrecarga dos navios.

Em junho passado, um navio com 866 pessoas, dos quais apenas 56 sobreviveram, naufragou por causa de um tufão no centro do arquipélago, no acidente marítimo mais grave que aconteceu desde dezembro de 1987, quando 4.400 pessoas morreram após um navio bater contra um petroleiro. EFE csm/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG