Naufrágio no Japão deixa 12 desaparecidos

Tóquio, 14 abr (EFE).- Doze marinheiros japoneses permanecem desaparecidos depois que o navio pesqueiro onde estavam naufragou nas águas da ilha japonesa de Kyushu, informou hoje a televisão japonesa NHK.

EFE |

As forças navais de Autodefesa (Marinha japonesa) acreditam que acharam o navio afundado por volta das 14h (2h de Brasília) a cerca de 100 metros de profundidade, graças a um robô submarino com câmaras e detectores.

O navio pesqueiro naufragou 20 minutos após enviar uma mensagem de emergência, quando se encontrava a 10 quilômetros do porto da cidade de Hirado, na província de Nagasaki, porque estava se escorando perigosamente.

O pesqueiro, com 22 tripulantes a bordo, tombou por volta das 8h de hoje (20h de Brasília da segunda-feira), segundo a Guarda Litorânea do Japão, que coordena os trabalhos de resgate.

Outros dez tripulantes do barco foram resgatados com vida por uma embarcação que navegava nas proximidades e foram hospitalizados, segundo a "NHK".

Alguns dos sobreviventes relataram que o navio estava sendo atingido por grandes ondas e que uma delas empurrou o pesqueiro para boreste, fazendo-o naufragar, informou a "NHK".

A Guarda Litorânea japonesa mobilizou sete navios e dois helicópteros para os trabalhos de busca dos desaparecidos. EFE jmr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG