Paris, 7 mar (EFE).- O naufrágio de uma embarcação na ilha francesa de Mayotte, na costa leste da África, matou quatro mulheres e cinco bebês, informaram hoje as autoridades locais.

Outras 24 pessoas sobreviveram ao naufrágio, embora dez delas estejam internadas em estado grave, acrescentaram as fontes.

O incidente ocorreu na noite de sábado para domingo em um recife próximo à costa de Kani-Keli, onde são frequentes os naufrágios de canoas ou de pequenos barcos conhecidos como "kwasa kwasa".

Mayotte é uma das quatro ilhas do arquipélago de Comores, que fica entre o continente africano e a ilha de Madagascar. As outras três ilhas formam a república de Comores.

A maioria dos naufrágios na região tem relação com as fugas de cidadãos comorenses que deixam ilegalmente o país rumo a Mayotte.

Estimativas apontam que 40% dos habitantes de Mayotte estão em situação irregular. Apenas em 2008, as autoridades franceses repatriaram cerca de 16 mil imigrantes ilegais. EFE jaf/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.