Naufrágio deixa pelo menos 5 mortos e 100 desaparecidos no Congo

Kinshasa - Pelo menos cinco pessoas morreram e outras 100 desapareceram no naufrágio de uma embarcação no noroeste da República Democrática do Congo (RDC), informou hoje a Radio Okapi, que cita porta-vozes da Marinha congolesa.

EFE |

O naufrágio aconteceu durante a madrugada desta sexta-feira, no rio Ruki. Pelo menos 150 pessoas estavam a bordo, entre elas várias crianças e mulheres, que retornavam à cidade de Mbandaka de um mercadinho semanal.

Segundo fontes da base naval de Mbandaka, foram resgatados os corpos de cinco passageiros, entre eles de uma mulher e de uma criança, mas cerca de outras 100 pessoas que estavam a bordo continuam desaparecidas.

"Não sabemos exatamente quantas pessoas se encontravam a bordo, pois a tripulação não tinha uma lista de passageiros quando subimos na embarcação que, além disso, fez várias paradas para embarcar mercadorias, incluindo centenas de sacos de milho na localidade de Lolo", disse um dos sobreviventes à emissora.

A empresa responsável pela embarcação e todos seus empregados foram detidos e colocados à disposição do tribunal de Mbandaka, encarregado de investigar o caso.

Os naufrágios de embarcações, muitos deles com excesso de passageiros e carga, são freqüentes na RDC, onde a escassez de estradas faz com que o transporte fluvial seja muito comum.

Leia mais sobre: naufrágio

    Leia tudo sobre: naufrágio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG