Naufrágio deixa 35 emigrantes ilegais mortos no Golfo de Aden

Pelo menos 35 emigrantes ilegais morreram afogados no naufrágio da embarcação em que estavam no Golfo de Aden, informou nesta quinta-feira um alto comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

AFP |

A embarcação, que transportava cerca de 117 pessoas, naufragou quarta-feira em frente às costas da região de Abyan (250 km a leste de Aden), destacou o comunicado da ACNUR.

"O navio saiu da costa somali, perto de Bossasso, segunda-feira", continuou. "Foram recuperados 35 corpos. Talvez outros passageiros ainda cheguem à costa", acrescentou a fonte.

dro/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG