Santiago do Chile, 2 fev (EFE).- Cerca de 12 pessoas estão desaparecidas após o naufrágio de uma lancha no sul do Chile, segundo informaram fontes militares, que não sabem afirmar exatamente quantos de passageiros viajavam na embarcação.

Os desaparecidos participavam de uma festividade religiosa na localidade de Carelmapu, na região dos Lagos, sul do país, e zarparam rumo a Ancud em uma barcaça que afundou perto da Ilha Sebastiana, cerca de 1.150 quilômetros a sul de Santiago, destaca a imprensa local.

As primeiras informações indicam que a embarcação zarpou sem autorização, apesar de intensas chuvas e ventos na zona, o que obrigou a Armada a ordenar o retorno de seus navios, que tinham saído em busca da lancha desaparecida. EFE frf/fm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.