Naufrágio de comboio deixa ao menos 15 mortos no Congo

Embarcações que carregavam 100 pessoas se chocaram com troncos de árvore, segundo a imprensa local

EFE |

Pelo menos 15 pessoas morreram e 60 desapareceram após o afundamento de um comboio naval no rio Ruki, perto da cidade de Balong, no oeste da República Democrática do Congo (RDC), informou neste domingo a rádio local "Okapi".

Segundo a fonte, o fato aconteceu na madrugada do sábado, a 58 quilômetros ao norte de Mbandaka. Esse se soma a outro naufrágio, ocorrido na província de Kasai Ocidental (centro do país), no qual, segundo as autoridades, uma barca afundou com 300 passageiros.

O comboio de barcos fundo no rio Ruki, em uma das zonas de mais difícil acesso da RDC, navegava com cerca de 100 passageiros, sem luzes, e se chocou contra um tronco de árvore submerso, disseram à rádio "Okapi" alguns dos 15 sobreviventes contabilizados até o momento.

Uma porta-voz do Governo provincial disse à emissora que as vítimas eram em sua maioria da região de Mbandaka e viajavam rumo a um mercado situado a cerca de 90 quilômetros da capital provincial. Previamente, as autoridades tinham informado do naufrágio de uma embarcação com 300 passageiros no rio Kasai, na região central da RDC, mas não determinaram ainda um número de vítimas.

    Leia tudo sobre: naufrágioCongo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG