Túnis, 19 jan (EFE).- Um total de 26 emigrantes ilegais tunisianos desapareceram na madrugada passada após o naufrágio da embarcação com a qual pretendiam atravessar o Mediterrâneo para alcançar as costas italianas, informaram hoje fontes locais.

Do grupo de 35 emigrantes que estavam no barco, todos de nacionalidade tunisiana, cinco conseguiram alcançar a nado o litoral e outros quatro foram resgatados esta manhã no mar, enquanto 26 continuam desaparecidos.

Os quatro que alcançaram o litoral nadando chegaram à praia da localidade de La Marsa, 15 quilômetros ao norte da capital tunisiana. EFE ma/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.