Natal ortodoxo: patriarca Kiril pede ajuda de Deus para Medvedev

O patriarca russo Kiril pediu nesta quinta-feira a ajuda de Deus para o presidente Dmitri Medvedev, ao qual presenteou com uma grande coleção de poesia russa por ocasião do Natal ortodoxo.

AFP |

"Ano passado foi muito importante para nossa consciência nacional. O povo e o poder puderam superar juntos as dificuldades e problemas em nossas vidas", disse o patriarca aos milhares de fiéis reunidos na imensa catedral de Cristo Salvador em Moscou.

Kiril agradeceu ao presidente Medvedev, presente no ofício com a esposa, por ter ajudado a Rússia "a não retroceder ao nível de queda profunda, onde se encontrava em consequência da agitação política da década de 1990".

O patriarca ortodoxo pediu "o apoio de Deus" para o presidente Medvedev, assim como para "as autoridades de todos os níveis", além da "paz e desenvolvimento" para a Rússia.

Depois, o presidente e o patriarca trocaram presentes.

Kiril entregou a Medvedev uma coleção de poesia russa em quatro volumes (natureza, relação entre homem e Deus, tradições e festas ortodoxas).

O chefe de Estado presenteou o patriarca com um manuscrito ilustrado com miniaturas do Evangelho.

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, optou, como em outros anos, por celebrar o Natal longe da capital, na cidade de Kostroma, 300 km ao nordeste de Moscou.

Desde o colapso da União Soviética, em 1991, o 7 de janeiro, dia do Natal ortodoxo segundo o antigo calendário juliano, é uma festa oficial na Rússia.

mp/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG