Nasa reativa sistema de purificação de ar na ISS

Washington, 26 jul (EFE).- Os engenheiros da Nasa, a agência espacial americana, reativaram hoje um sistema vital de purificação de ar da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) e buscam a razão pela qual ele deixou de funcionar no sábado, informou a entidade.

EFE |

A imperfeição no sistema, de fabricação americana, levou os técnicos da agência espacial americana a trabalharem duro, no momento em que há 13 astronautas a bordo da ISS e do ônibus espacial "Endeavour".

Dois astronautas sairão amanhã para a quinta e última caminhada espacial na ISS que, acoplada ao "Endeavour", orbita a cerca de 385 quilômetros da Terra e a 27.000 km/h.

Os engenheiros da Nasa reativaram hoje o sistema de purificação, finalmente, na modalidade manual, que exige controladores adicionais na Terra para continuar funcionando.

Normalmente, o sistema funciona automaticamente e a Nasa espera que um reparo nos programas de computador permita a recuperação dessa função nas próximas horas.

Os técnicos disseram que um aquecedor teve problemas e ativou uma intersecção do circuito que desligou todo o sistema.

"Continuamos tentando determinar exatamente qual foi a razão do problema", disse o diretor de voo da ISS, Brian Smith, em entrevista coletiva. "Mas, enquanto isso, estamos lidando muito bem com o manejo (do dióxido de carbono)".

O funcionamento apropriado dos dois sistemas de purificação de ar, o da Nasa e o equivalente russo, Vozdukh, é necessário para garantir a sobrevivência dos seis tripulantes da ISS e as visitas adicionais de astronautas da nave.

O "Endeavour" deve deixar a ISS terça-feira e retornar à Terra no dia 31 ao término de uma missão de 16 dias que levou um novo membro da tripulação da estação e uma plataforma de experimentos para o laboratório japonês Kibo. EFE jab/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG