A Nasa lançou neste domingo a sonda Ibex, cuja missão de dois anos tem o objetivo de obter imagens e mapear os misteriosos confins do sistema solar, onde começa, a dezenas de bilhões de quilômetros da Terra, o espaço interestelar.

A sonda foi lançada às 17H45 GMT, segundo imagens difundidas ao vivo pela agência espacial.

A Ibex (Interstellar Boundary Explorer) está dotada de instrumentos que a permitirão obter imagens e estabelecer a primeira cartografia dessa vasta zona de turbulências e campos magnéticos mesclados, onde as partículas dos ventos solares quentes se chocam com as partículas interestelares de outras estrelas da Via Láctea.

"As regiões fronteiriças do espaço interestelar são essenciais porque nos protegem da maioria dos raios galácticos mais perigosos", disse David McComas, diretor científico da missão.

"Sem essa zona, esses raios penetrariam na órbita terrestre tornando os vôos orbitais humanos muito mais perigosos", acrescentou.

As únicas informações das quais os cientistas dispõem sobre os confins do sistema solar foram dadas pelas sondas Voyager 1 e Voyager 2, lançadas em 1977 e ainda em operação.

A sonda Ibex será lançada a bordo de um foguete Pegasus que, por sua vez, será lançado de um tri-reator Lockheed L-1011 voando a 12.000 metros sobre as Ilhas Marshall no Oceano Pacífico.

js/dm/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.