Nasa escolhe projeto argentino para habitat na Lua

Buenos Aires, 26 set (EFE).- Os humanos poderão viver na Lua dentro de um cilindro de três metros de diâmetro por dez de comprimento, entre outras características do projeto do argentino Pablo de León, escolhido pela Nasa (agência espacial americana) para que as missões possam ficar seis meses no ambiente lunar, o que deve acontecer até 2020.

EFE |

O habitáculo lunar terá "um esqueleto metálico" que permitirá dividi-lo em diversas partes, "para diversas funções, e que concederão privacidade", afirmou De León, em entrevista publicada hoje pelo jornal "Página/12".

"A intenção final do novo projeto lunar da Nasa é, na realidade, chegar a Marte", disse.

Este engenheiro dirige o Laboratório de Roupas Espaciais da Universidade de Dakota do Norte (EUA) e também foi designado pela Nasa para desenhar os futuros veículos lunares.

"Como a Lua fica relativamente perto da Terra, o projeto permitirá colocar em prova todos os sistemas que depois serão usados na expedição tripulada a Marte", afirmou.

A viagem a Marte "durará cerca de um ano, portanto, é importante ter tudo testado, caso haja alguma emergência", acrescentou.

Para prevenir os danos à saúde causados pela forte radiação solar recebida na Lua, o habitáculo será coberto com poeira lunar, como isolante, disse De León.

"Faremos simulações deste procedimento em uma zona desértica dos Estados Unidos", especificou.

Disse que o novo veículo lunar "será parecido" com o utilizado nas viagens das missões Apolo, "mas com a diferença de que levará um módulo pressurizado, para que seus ocupantes não precisem usar roupas espaciais".

"Isso permitirá explorações que se afastem bastante da base lunar, inclusive será possível dormir no veículo. As roupas espaciais só precisarão ser usadas para sair ao exterior", afirmou.

A nova nave para viajar à Lua começará a ser testada em 2015, a fim de realizar uma expedição de seis meses de duração até 2020. EFE alm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG