Nasa capta imagem de colisão rara de asteroides

O telescópio espacial Hubble, da Nasa (agência espacial americana), fotografou uma imagem em forma de X com uma espécie de cauda, que os astrônomos acreditam que tenha sido criada pela colisão de dois asteroides.

BBC Brasil |


Imagem em forma de "X" foi fotografada pelo Hubble / AP-Nasa

O objeto, chamado P/2010 A2, foi descoberto no chamado cinturão de asteroides que fica entre Marte e Júpiter.

Os pesquisadores já imaginavam que o fenômeno fosse comum nessa região do espaço, mas jamais viram isso acontecer.

O P/2010 A2 estaria a uma distância de 144 milhões de quilômetros da Terra quando foi fotografado pelo Hubble, em janeiro.

Segundo a Nasa, colisões de asteroides liberam muita energia, com um impacto que ocorre a uma velocidade que é cinco vezes maior do que a de uma bala de fuzil.

Os astrônomos dizem que a órbita do P/2010 A2 pode indicar que ele pertence a um grupo de asteroides que seriam fragmentos resultantes de uma colisão ocorrida há mais de 100 milhões de anos.

Um fragmento daquele fenômeno pode ter atingido a Terra há 65 milhões de anos, levando à extinção em massa de dinossauros.

Leia mais sobre Nasa

    Leia tudo sobre: nasa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG