Endeavour pela 3ª vez - Mundo - iG" /

Nasa atrasa lançamento do ônibus espacial Endeavour pela 3ª vez

Washington, 11 jul (EFE).- A Nasa atrasou hoje o lançamento do ônibus espacial Endeavour por 24 horas, para dar aos técnicos mais tempo para avaliar possíveis danos na plataforma, causados pelo impacto de 11 raios que atingiram as imediações da estrutura ontem à noite.

EFE |

A agência espacial americana marcou para as 23h13 (20h13, horário de Brasília) o lançamento do "Endeavour", indicou o diretor da Nasa que dirige os preparativos, Mike Moses, em entrevista coletiva no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

Essa é a terceira vez que a agência espacial americana adia o lançamento do "Endeavor", que inicialmente devia partir para a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), em meados de junho.

Um vazamento de hidrogênio no tanque externo da nave obrigou a Nasa a adiar o lançamento nos dias 11, 13 e 17 de junho.

Nesta ocasião, o mau tempo em Cabo Canaveral foi a principal ameaça para a partida dos sete tripulantes do "Endeavour" à ISS, onde prevê completar, em uma missão de 16 dias que incluirá cinco jornadas, a instalação do laboratório "Kibo" da Agência de Prospecção Espacial do Japão.

Os astronautas da missão STS-127, liderados pelo comandante Mark Polansky, agregarão uma plataforma à superfície exterior do módulo japonês, que será utilizada para experimentos científicos na falta de gravidade do espaço.

Segundo a Nasa, nenhum dos 11 raios impactou o ônibus espacial nem seu tanque externo, mas afetaram o mastro que protege o "Endeavour" e a torre de água de relâmpagos.

"Não vimos nada até agora que mostre danos aos sistemas", disse Moses, que explicou que a Nasa avalia se houve danos na estrutura ou na nave sempre que há raios próximos à zona de lançamento.

Dois dos impactos foram suficientemente fortes para enviar engenheiros da agência espacial americana para examinar os sistemas do "Endeavour".

Os relatórios iniciais descartam problemas para o lançamento da nave, mas a Nasa preferiu dar mais tempo aos técnicos para assegurar-se que todos os sistemas foram revisados corretamente.

"Temos que estar 100% seguros", afirmou Moses, quem, apesar de ter se mostrado "extremamente confiante" nas tarefas de reparação, não descartou que o lançamento possa se adiado novamente amanhã, se as avaliações não forem finalizadas em 24 horas.

Uma revisão completa de todo o sistema poderia demorar semanas e a janela prevista para o último tentativa do lançamento se fechará na próxima terça-feira, 14 de julho, segundo Moses.

O diretor dos preparativos do lançamento afirmou que a Nasa tem "certa capacidade" para negociar com a Rússia uma extensão do período, algo que a agência espacial começaria a fazer se tivesse que adiar novamente o lançamento do "Endeavour".

A previsão é de que a Nasa se reúna amanhã cedo para determinar se todos os testes foram completados e se encherá o tanque externo com combustível.

As previsões meteorológicas para o domingo indicam que há 60% de chances de que o tempo permita o lançamento do "Endeavour".

Os membros da tripulação STS-127, que viajarão à ISS são o comandante Mark Polansky, o piloto Doug Hurley, os especialistas Dave Wolf, Christopher Cassidy, Tom Marshburn, Tim Kopra e a astronauta canadense Julie Payette.

Kopra, de 46 anos, se unirá aos ocupantes da estação espacial para substituir ao astronauta japonês Koichi Wakata, que voltará depois de uma estadia de três meses. EFE cai/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG