A batalha entre gangues do narcotráfico e as forças de segurança no México já provocou a morte de 1,4 mil pessoas neste ano. Destas vítimas, 400 eram policiais, que foram mortos muitas vezes com armas contrabandeadas dos Estados Unidos.

As armas normalmente são compradas de forma legal no país vizinho.

A BBC passou três meses investigando o conflito, que ainda está sendo vencido pelos cartéis de drogas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.