Israel faz exercício militar

Para se preparar para o pior, Hezbollah se mobiliza

Nahum Sirotsky, de Israel |

Como o iG informou em abril, Israel inicia o maior exercício de Defesa de sua história. Suspeitando das intenções de Israel, o Hezbollah mobilizou grandes forças no sul do Líbano, em preparação para o pior.

Hassan Nazrallah, líder da força xiita libanesa, ameaçou Israel com réplica mortal em caso de ataque. É sabido que o Hezbollah possui poderoso arsenal. As mais altas autoridades de Israel, porém, fizeram declarações públicas dizendo que ações ofensivas não estão programadas.

Os israelenses serão submetidos a uma imitação de ataque durante cinco dias. Em entrevista à emissora de rádio das Forças Armadas, “Gallei Zahal”, Hilki Sofer, coronel e integrante do Comando de Defesa Interna, disse que “estamos cuidando de operação de defesa interna”.

“Não gostaríamos de que a nossa frente interna fosse apanhada de surpresa como aconteceu na última guerra do Líbano”, afirmou. “Desejo que o treinamento que estamos realizando jamais tenha de ser aplicado.”

Em 2006 o despreparo foi total e a defesa foi improvisada. Agora será testada a nova tática. Durante cinco dias as sirenes serão ouvidas e a população será instruída sobre o que fazer. Por enquanto, reina a calma nas fronteiras.

    Leia tudo sobre: oriente médioisraelhezbollah

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG