México, 17 out (EFE) - O Governo do México informou hoje que, como novo membro não-permanente do Conselho de Segurança da ONU, privilegiará o diálogo para encontrar soluções duradouras aos conflitos internacionais.

O México, que foi eleito na quinta-feira para o Conselho durante o biênio 2009-2010, promoverá nesse fórum sete eixos de sua política externa, disse o Ministério de Relações Exteriores mexicano em nota.

Entre esses pontos está o tratamento dos conflitos a partir de um enfoque de segurança multidimensional para enfrentar ameaças à paz mundial, a violação aos direitos humanos, os desastres naturais, as pandemias, a pobreza extrema e a destruição ambiental.

Também buscará maior cooperação internacional em temas como o tráfico ilegal de pessoas, armas e drogas, impulsionará o desarmamento e o respeito ao direito internacional e promoverá uma maior transparência nos métodos de trabalho do Conselho de Segurança. EFE gt/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.