Na ONU, Amorim explica situação de embaixada em Honduras

Nações Unidas, 25 set (EFE).- O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, explicou hoje, no Conselho de Segurança (CS) da ONU, a crítica situação humanitária de sua embaixada em Tegucigalpa.

EFE |

O chanceler também pediu ao presidente de fato de Honduras, Roberto Micheletti, que respeite a Convenção de Viena sobre a inviolabilidade das sedes diplomáticas.

"É imperativo que o regime de Honduras cumpra a Convenção de Viena sobre a inviolabilidade das representações diplomáticas", disse Amorim no CS, que, após ouvir as alegações do ministro, decidiu observar como a situação evolui. EFE emm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG