Na Itália, bêbados terão de pagar por transporte em ambulâncias

Pessoas com taxa de álcool superior a 1,5 grama por litro de sangue terão de pagar 200 euros para ir a hospitais em Bolzano

EFE |

Pessoas que apresentarem uma taxa de álcool superior a 1,5 grama por litro de sangue e precisarem ser levadas em ambulâncias para hospitais em Bolzano, no norte da Itália, terão de pagar 200 euros para cobrir as despesas.

A determinação faz parte da nova normativa local aprovada na Província de Alto Adige, que entrou em vigor nesta segunda-feira e exclui o transporte gratuito em ambulância para as pessoas em estado de embriaguez por não serem considerados casos urgentes.

A lei já causou polêmica na província e pessoas como Peter Koler, diretor do Fórum de Prevenção de Bolzano, afirmam que ela "aumenta o risco" de que os jovens não chamem as ambulâncias para não ter de gastar dinheiro.

A lei ainda não foi aplicada por causa da falta de um regulamento interno para que os funcionários dos serviços de saúde saibam como atuar e cobrar a taxa.

    Leia tudo sobre: itáliaembriaguezbêbadosambulância

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG