Na Indonésia, Hillary tenta reforçar elo dos EUA com muçulmanos

Jacarta, 19 fev (EFE).- A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, se reuniu hoje com o presidente da Indonésia, Susilo Bambang Yudhoyono, para reforçar a relação entre ambos os países, dentro da nova política de Washington de aproximação com o mundo muçulmano.

EFE |

Segundo o porta-voz presidencial, Dino Patti Djalal, no segundo dia de sua visita oficial a Jacarta, Hillary discutiu com o chefe de Estado indonésio o conflito palestino, um assunto muito sensível para o país de maioria muçulmana mais povoado do mundo.

Hillary e o líder indonésio não fizeram declarações após o encontro, que durou 45 minutos e ocorreu no palácio presidencial de Jacarta.

De acordo com o porta-voz presidencial, a secretária de Estado e o presidente falaram da necessidade de ajudar Gaza após a ofensiva israelense, na qual morreram mais de mil pessoas.

Os dois também, em sua reunião, confirmaram a participação da Indonésia e dos Estados Unidos na conferência de doadores para a reconstrução de Gaza, que acontece no Egito em março.

O encontro abordou outra série de assuntos de "interesses bilateral, regional e global", como explicou o porta-voz, entre os quais destacou a mudança climática, a conservação do meio ambiente, o comércio, a crise econômica e a integração regional da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean).

A secretária de Estado deve partir ainda nesta quinta-feira para Seul, onde dará seguimento à sua primeira viagem internacional à frente da diplomacia americana, com escalas em Japão, Indonésia, Coreia do Sul e China. EFE jpm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG