Na Guatemala, exame de suspeito de gripe suína dá negativo

Guatemala, 28 abr (EFE).- Exames realizados em um guatemalteco suspeito de estar infectado com a gripe suína não apontaram a presença da doença, segundo o Centro Nacional de Epidemiologia local.

EFE |

O paciente de 29 anos esteve no México nos últimos oito dias e ainda se encontra sob observação em um hospital da capital da Guatemala, onde ingressou na segunda-feira.

Segundo a diretora do centro, Waleska Zeceña, o primeiro exame realizado pelo jovem não acusou a presença de gripe suína. Um novo teste, feito em seguida, descartou totalmente a doença.

Zeceña, no entanto, não informou os resultados dos exames realizados por outras duas pessoas com suspeita da gripe, que foram internadas ontem em um hospital particular.

A diretora, por sua vez, procurou acalmar a população e recomendou medidas de prevenção.

"Não se pode perder a calma, já que ainda não temos nenhum caso de gripe suína na Guatemala", disse.

Por outro lado, o ministro da Saúde Pública local, Celso Cerezo, disse que a Guatemala é vulnerável à entrada da doença, que já se estendeu a países como Espanha e Estados Unidos.

"Estamos nos preparando para que a gripe suína não chegue e também para caso ela apareça por aqui", afirmou. EFE oro/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG